Lonesome when you go.

Talk to me   Prazer, Thays. Sim, com H e Y. 20 anos. Acabei de entrar pra faculdade que eu sempre sonhei e, nossa, como faz bem realizar um sonho. Namoro a 3 anos, dia 20 de janeiro completa 4. Vitor é o nome do grande sortudo (ou não). Sou completamente alucinada pela minha família e não sei quem eu sou longe deles. Tenho amigos que são essenciais para minha sanidade, mas não sei se eles sabem disso. Enfim, tá bom pra descrição, né?

"Existem duas maneiras de um homem amar verdadeiramente uma mulher, a primeira é quando ele se torna o melhor amigo dela e depois se apaixona; mas existe uma outra, que é quando ele se apaixona e depois aprende a ser o seu melhor amigo."
Autor Desconhecido. (via motivando)

(Source: percebeu, via melnaboca)

— 2 months ago with 24563 notes
Vontade de gritar que eu te amo muito, pena que são 3 a.m e fica complicado pra eu fazer isso com a vizinhança toda dormindo. Às vezes, de repente, do nada mesmo… eu me vejo pensando na gente e me dando por conta o quanto nós somos felizes. Não gosto de englobar “nós” em uma frase que eu tô escrevendo sozinha, mas tenho quase certeza que te faço tão feliz quanto você me faz, e isso é demais! Pode parecer meio prepotente da minha parte, mas já te disse isso outra vez, nos considero o casal mais legal que eu conheço. Não preciso fazer joguinho com você, não preciso fingir que não sou eu mesma e melhor: não preciso me desculpar por ser eu mesma. Nem você. Acho sobrenatural esse poder de aceitação que nós temos. Te aceito em cada detalhe e me entrego por completa pra você. 
É isso, te amo.

Vontade de gritar que eu te amo muito, pena que são 3 a.m e fica complicado pra eu fazer isso com a vizinhança toda dormindo. Às vezes, de repente, do nada mesmo… eu me vejo pensando na gente e me dando por conta o quanto nós somos felizes. Não gosto de englobar “nós” em uma frase que eu tô escrevendo sozinha, mas tenho quase certeza que te faço tão feliz quanto você me faz, e isso é demais! Pode parecer meio prepotente da minha parte, mas já te disse isso outra vez, nos considero o casal mais legal que eu conheço. Não preciso fazer joguinho com você, não preciso fingir que não sou eu mesma e melhor: não preciso me desculpar por ser eu mesma. Nem você. Acho sobrenatural esse poder de aceitação que nós temos. Te aceito em cada detalhe e me entrego por completa pra você. 

É isso, te amo.

— 3 months ago
"Quando foi a última vez que você saiu de casa, com a alma limpa, e voltou do mesmo jeito? Quando foi que você deixou de ser especial? Que deixou de cuidar de você mesmo, que começou a preocupar com o que os outros pensam e desistiu de pensar sozinho? Quando foi que os abraços de sua mãe deixaram de ter emoção, os beijos na bochecha começaram a te dar vergonha e os conselhos dela deixaram de ser os melhores? E a sua vida? Quando foi que começou a valer tão pouco, a ponto de pensar que não ter vida nenhuma é melhor que a vida que você tem? Quando você desistiu da sua fé, perdeu a sua luta, mergulhou-se em você mesmo, criando barreiras cada vez maiores, impedindo qualquer um de se aproximar? Quando foi que os seus medos começaram a devorar seus sonhos, lentamente, até te deixarem sem nada? Quando foi que você começou a se contentar com nada? Quando foi que ficar em casa, trancado no quarto, começou a ser mais importante que ir pra casa de seus amigos dar boas risadas e aliviar a alma? Quando foi que você fez novos amigos? E quando foi que começou a perder os antigos? Quando foi que você começou a perder todos a sua volta, mas culpou eles por te abandonarem? Qual foi a última vez que você deitou, e os pensamentos não tentaram te sufocar antes do sono chegar? E esses pensamentos, eram remorsos? Culpas? Arrependimentos? Insegurança? Quando foi que o espelho começou a mentir, deixando de te mostrar tão lindo? Quando foi que seu humor durante a manhã começou a ficar pior? E sua pele, quando foi que começou a ficar tão difícil estar nela? Quando foi que ficou tão difícil ser você? Quando tudo que antes não importava, agora, aos poucos te corrói? Quando foi que deixou de lado todo o amor que tinha pelo mundo, todas as esperanças de fazê-lo melhor, de ser alguém melhor? Quando foi que seu cabelo deixou de te agradar e a cor dos seus olhos deixaram de serem lindos? Quando foi que seu corpo deixou de ser perfeito e você começou a se sentir tão feio? Quando foi que os defeitos dos outros começaram a ser tão engraçados, fumar tão legal, e destruir sua própria vida tão interessante? Quando foi que seus sentimentos perderam o valor, suas palavras a cor, seu coração… amor? Quando foi que você começou a não suportar mais não ser você, encarar seu reflexo começou a doer, ser você deixou de ser o bastante?"
  (via exppecto)

(Source: alentador, via gunnyhenrique)

— 3 months ago with 3251 notes